Tecnologias Limpas, Replicáveis e de Baixo Custo

Cuidar bem do planeta Terra é responsabilidade de todos nós.
Cuidar bem do planeta Terra é responsabilidade de todos nós.

Alcançar o tão sonhado “impacto ambiental zero”, num mundo cada vez mais populoso e caracterizado pelo crescimento desordenado, soa como uma utopia. Porém – e, felizmente - a tecnologia avança também para os lados do meio ambiente. As chamadas Tecnologias Limpas são pouco divulgadas, embora estejam ao alcance de todos e sejam bastante eficazes para a preservação da natureza. Devido às crescentes preocupações em torno do futuro ecológico do planeta, diversos métodos e tecnologias foram desenvolvidos com a finalidade de reduzir ou eliminar os desperdícios e resíduos gerados no dia-a-dia. Trata-se de um novo mercado que vem ganhando espaço e promete ocupar o setor de tecnologias do futuro, uma vez que suas ferramentas serão fundamentais para o tão sonhado desenvolvimento sustentável.

Os equipamentos que garantem a preservação da natureza vão desde produtos simples que podem ser utilizados em residências, até grandes invenções voltadas para empresas, capazes de gerar benefícios para o ar, solo e água de toda uma região. Excelentes alternativas para empresas que, de alguma forma, interferem no meio ambiente, essas tecnologias proporcionam maior preservação da natureza, qualidade de vida das comunidades em seu entorno, além de garantirem uma imagem politicamente correta da empresa. Se estes argumentos não são suficientes para incentivar a adoção de uma produção mais limpa, especialistas da área ambiental se animam ao constatar que as empresas podem ser atraídas por outro aspecto: a contenção de gastos.

Para resolver a questão do tratamento de esgoto, por exemplo, já existem sistemas, através dos quais tanques são instalados para o tratamento da água. Eles permitem sua reutilização para outros fins, como irrigação de jardins, limpeza, sistema de ar condicionado, entre outros. Assim, a economia é duplamente vantajosa: para a natureza e para os bolsos.

Ótimas para o desenvolvimento de cursos e oficinas sociais, a Saberpensar prioriza a capacitação em tecnologias limpas que sejam simples, replicáveis e de baixo custo. 

Veja abaixo alguns exemplos:

Construção de Móveis com Garrafas Pet

Sofás de Garrafas Pet
Sofás de Garrafas Pet

Móveis funcionais, de baixo custo e ecológicamente corretos

As garrafas PET viram móveis ecologicamente corretos, conquistam o consumidor consciente e garantem seu lugar na casa ou no escritório.

O alerta sobre o impacto causado pelo descarte de garrafas PET no meio ambiente recebeu uma resposta rápida do mundo da decoração e do design. Hoje, poltronas, pufs, sofás, camas e mesas podem ser feitos com esse material, diminuindo a sua presença nociva nos rios, lagoas e mares.

Tudo depende de criatividade do artesão. Com lâminas, tesoura e fitas adesivas, 200 garrafas se transformam em uma base sólida para uma poltrona; 32 viram um puf de 40 cm. Depois de bem atadas, as garrafas são revestidas com espuma, tecidos ou plásticos coloridos, de acordo com o efeito que se quer produzir.

- Os móveis feitos com garrafas PET funcionam de verdade na decoração e são uma excelente saída para quem deseja um projeto com um custo baixo e um grande diferencial, já que atrás deles estão causas importantíssimas, diz a arquiteta Patrícia Landi, que vem desenvolvendo conceitos inovadores com esse tipo de sucata. É dela projetos de sucesso como uma rede e uma casa de bonecas para jardins feitas com garrafas PET.
Segundo Vera Chevalier, diretora da ONG Eco Marapendi, que desenvolve o projeto Recicloteca, para conscientização sobre a importância da reciclagem, o mercado da reutilização de garrafas PET acaba por atender duas demandas importantes: a preservação do meio ambiente e a geração de renda em comunidades carentes. Hoje, diversas cooperativas espalhadas pelo país fazem a coleta, produção e venda de móveis com garrafas PET, com preços atraentes. Uma poltrona pequena sai em média R$ 250,00 e um puf, R$ 65,00.
- A demanda pelos móveis feitos com garrafas PET tem crescido bastante porque as pessoas estão mais engajadas no combate ao desperdício e proteção ao meio ambiente. Além disso, eles vêm de encontro à proposta de alguns decoradores e arquitetos em baratear custos na decoração, diz Vera.

O artesão Eduardo Webster e sua esposa, a artista plástica Rudi Webster, do projeto ECOS – Ecologia Comunitária Orientadora de Serviços Seletivos, desenvolvem diversos trabalhos com garrafas PET e ensinam a técnica por todo o Brasil. Além de móveis, as garrafas podem virar divisórias, luminárias e inúmeros utensílios. Eduardo acredita que a receptividade do material na decoração vem crescendo bastante, em função do aumento da consciência ecológica, mas também pelas vantagens do material:

- As garrafas são muito versáteis e os móveis feitos com elas têm uma durabilidade maior do que os de madeira, além da vantagem de serem imunes aos cupins.

Técnica é genuinamente brasileira

Já difundida em diversos países, a utilização de garrafas PET como estruturas para móveis é uma idéia que surgiu no Brasil, da inventividade do professor de ciências Sebastião Feijó. Um dia, ao preparar com seus alunos um trabalho para um evento sobre meio ambiente, ele resolveu utilizar as garrafas que sempre provocavam enchentes no rio que passava pela comunidade. Juntando duas delas – uma cortada e outra inteira – descobriu uma espécie de “célula matriz”, que aumentaria a firmeza do que fosse feito com a sucata.

A idéia, patenteada em 1998, acabou chegando muito mais longe do que o seu criador poderia imaginar. Desde então, cada pessoa que conhece a técnica inventada por Sebastião Feijó tem algo para acrescentar a ela, aperfeiçoando os móveis e utensílios feitos. Hoje, Sebastião é um militante da causa ambiental e viaja todo o Brasil dando palestras sobre a sua fantástica e versátil idéia.

Relação entre o consumo e a reciclagem de garrafas PET no Brasil
Relação entre o consumo e a reciclagem de garrafas PET no Brasil

FONTE: Revista TUDO - edição 23 - 8/julho/2001 - pág. 46

Outras Formas de Reutilização de Garrafas Pet

Vassoura de Garrafas Pet
Confecção passo-a-passo de uma vassoura ecológica e funcional.
Vassoura de garrafas pet.doc
Microsoft Word Document [271.0 KB]
Download

Confecção Passo-a-Passo de Vassoura de Garrafas Pet

Bolsa de Pet
Bolsa confeccionada com Garrafa Pet.
Bolsa de Pet.doc
Microsoft Word Document [163.0 KB]
Download
Porta-treco de Garrafas Pet
Confecção de um porta objetos com garrafas Pet.
Porta-treco de Pet.doc
Microsoft Word Document [27.5 KB]
Download
Gargantilha de Garrafa Pet
Confecção de bijouterias com material reutilizado.
Gargantilha ou pulseira de Pet.doc
Microsoft Word Document [25.5 KB]
Download
Bilboque de Garrafa Pet
Confecção de brinquedo com garrafa Pet.
Brinquedo Bilboque de Pet.doc
Microsoft Word Document [25.5 KB]
Download

Energia Solar

Sol: O Futuro da Energia

A Terra recebe do Sol dez mil vezes mais energia que o atual consumo mundial de eletricidade. Painéis solares fotovoltaicos, que transformam a luz solar em energia elétrica, e coletores solares para aquecimento de água e outros fins são tecnologias disponíveis que permitem gerar calor e eletricidade de forma limpa, com baixos custos operacionais, facilidade e rapidez de instalação, entre muitas outras vantagens.

A tecnologia solar é o futuro da energia, a solução para a redução da queima de petróleo e outros combustíveis fósseis e para a estabilização do clima do Planeta. Já começou a corrida pelo domínio deste mercado. Os EUA apressam seu projeto de instalação de um milhão de casas com energia solar até o ano 2.010. 0 Japão quer instalar 4,6 GW fotovoltaicos até 2.010 e tem multiplicado anualmente o número de casas com coletores solares em seus tetos. Também existem projetos para instalação de 500 mil tetos solares na União Européia e na Holanda. Gigantes do petróleo como a Shell e a British Petroleum têm planos para competir por frações do mercado de energia solar.

Dada sua localização geográfica o Brasil é particularmente privilegiado por ter uma insolação média superior à das nações industrializadas. O país não pode perder esta corrida. É preciso criar programas que promovam a criação da indústria de energia solar no país. A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Agência Nacional do Petróleo e as empresas que operam no setor elétrico e de combustíveis têm papel preponderante neste processo. O Brasil é solar.

Aquecedor Solar Composto de Materiais Reutilizados

(Garrafas pet e embalagens tetra-pac)

Veja também um aquecedor solar de baixo custo

Forno Solar - Faça seu café com o calor do Sol

Reaproveitamento da Água

 

No mundo, há pessoas que estão sobrevivendo com algumas gotas de chuva. Também há aquelas que comercializam a água da chuva. Porém, em áreas urbanas, a maioria da água da chuva é esvaziada no mar. Nós estamos desperdiçando água potável para molhar plantas, lavar roupas, usar em descargas nos banheiros, enquanto sofremos pela escassez de água.

Reúso de Água Residencial.doc
Microsoft Word Document [270.5 KB]
Download

Energia Eólica

Ventos: A Energia Limpa do Movimento

A energia dos ventos é uma alternativa renovável, disponível localmente, não poluente e economicamente competitiva às fontes convencionais que aquecem o planeta e agridem o ambiente.

Cata-ventos melhorados tecnologicamente podem transformar o movimento do ar em grandes quantidades de energia elétrica, sem emitir gases poluentes, sem alagar solos férteis e sem despejar elementos radiativos na natureza. Por estas razões têm papel fundamental na revolução solar da geração de eletricidade.

O crescimento da utilização da energia eólica no mundo é vertiginoso. De praticamente nenhuma energia gerada em 1.990 espera-se chegar à 3,6 GW (bilhões de Watts) instalados no ano 2.002, o equivalente a um terço da usina de Itaipú. A Dinamarca é líder dentre os países que entenderam as vantagens da fonte de energia e investem em grandes programas de geração eólica de eletricidade. Domina 60% do mercado mundial, gera mais de 12 mil empregos de alto nível tecnológico e fatura mais de U$ 2 bilhões no setor.

O Brasil é membro recente do clube dos países eólicos, tendo instalado somente 3 MW (milhões de Watts). O país pode e precisa criar um grande programa de geração eólica de eletricidade. O Congresso Nacional, as empresas que operam no setor elétrico e de combustíveis e agências reguladoras ANEE1 e ANP devem contribuir para que o Brasil tire proveito desta fonte de energia renovável e competitiva.

Moderno Gerador de Energia Eólica Para Residências

Outros Exemplos de Tecnologias Limpas

Acompanhe a fabricação de tijolos ecológicos

Veja esta reportagem sobre a redução do plástico e o uso de sacolas de pano

Artesãos unidos lucram com artesanato de Bambu

www.saberpensar.jimdo.com